Melhor que clichê!

, , No Comments
Sabe, não sei se isso me chateia de uma forma tão grande ou me deixa feliz, por ser tão sincero. Eu nunca me arrependi de conhecer as pessoas e você não seria exceção.Eu estava no fundo do poço, sem criatividade, presa na droga de um bloqueio criativo, sem nada. Eu não conseguia planejar em sair de casa ou manter uma conversa estável. Não, eu não me apaixonei por você, mas você despertou algo lá dentro. Uma luz no caminho, um escape. Você, de certa forma, trouxe de volta minha criatividade. Sabe o que é acordar no meio da noite e querer escrever? Céus! Como eu senti falta disso.Não, eu não me arrependo de ter te conhecido. Foi obviamente bom, ótimo. Mas você teve a razão e a atitude mais sincera que já vi. Por que ficar com alguém por medo de ficar sozinho? Por que enganar alguém agora, sabendo o que se passa no coração e na mente?Foi difícil ouvir isso depois de tudo o que passei? Óbvio que foi, foi bem difícil. Mas olha só, tô de pé ainda e além disso, somos amigos. As risadas vão continuar. O dia que lembrarmos dessa conversa, é certeza que vou rir de tudo e dizer que fomos destinados sim, para sermos bons amigos. Eu não posso desprezar uma boa amizade, porque o romance não vingou. Que maldade eu teria se fizesse. Porque afinal, amizade é o amor que nunca morre!
Postar um comentário