Luz do caminho.

, , No Comments
Estava lendo coisas antigas e lembrei de você.
Comecei a lembrar do que eu mais amava e talvez odiava em você. Como seu olhar que parecia ver minha alma. Sua paz, tão serena quanto um lago. Sua paciência e sabedoria ao me ouvir e não apenas aconselhar. Você sabia me acalmar de verdade.
Eu não sentia medo de falar tudo o que sentia ao seu lado. Era espontâneo ao seu lado, simples.
Eu nunca vou esquecer quando eu contei meus piores pesadelos, meus medos e inseguranças.
Eu nunca esqueci quando você saiu daquela sala, virou o corredor e me abraçou. Você olhava firme em meus olhos e perguntava se eu estava bem. Você não perguntava, na verdade nunca, por educação. Claro que não! Você se importava de verdade. Eu sinto falta de ter aproveitado mais aquela época. De certa maneira, eu fui tão boba e me levei pela atração física e ignorei o maior, acredito eu, sua declaração. Depois de tanto tempo, depois de uma horrível situação, eu te encontrei.
Eu não conseguia negar, nem mentir para eu mesma que eu não sentia mais nada por ti.
Avistei você de longe e automaticamente sorri. Você sorri de volta. Mas não conversamos naquela noite. Estávamos tão perto e mesmo assim, separados por um oceano de mágoa.

Sabe, naquela noite eu percebi o quanto eu havia, verdadeiramente, amado você. Talvez meu primeiro verdadeiro amor. E eu sinto falta disso, de se sentir assim novamente. Não apenas ao seu lado, mas com alguém. Nunca fui o tipo de pessoa que fica com alguém por não quer ficar sozinha, não. Cada pessoa que decido passar um certo tempo da minha vida é porque eu quero, porque gosto da pessoa, porque me apaixonei, porque a pessoa me faz bem. Seja amigo ou uma paixão.
Talvez eu tenha encontrado alguém que faça se sentir como eu me sentia contigo. Alguém livre, que faz as piores piadas do mundo, que depois de um tempo se torna ''cara de pau''. Apenas sendo eu mesma. Alguém que eu abraço e me sinto tão bem naquele abraço. Alguém que segura firma minha mão. Eu não me preocupo mais com muitas coisas, apenas em ser feliz, em sair das trevas, da escuridão. Eu acho que, finalmente, encontrei alguém que seja a luz do meu caminho para fora do poço, do isolamento e tristeza. e não porque a pessoa apenas me faz bem, mas porque sou alguém melhor com ela, por ela. Alguém que desperta meu melhor, que tocou fundo meu coração. Alguém que me faz sorrir de verdade.
Postar um comentário