Rimas

, , No Comments
Eu poderia dizer que estou bem 
Mas você não veria meu rosto. 
Não saberia quem, 
Quem, me traz tanto desgosto. 

Ele mal tem coragem 
Não olha em meu rosto. 
Sinto dizer isto de rápida passagem, 
Mas estou no fundo do poço. 

Me sinto um quadro sem moldura, 
Uma sacola voando com o vento. 
Diga-me, quando perdeu a doçura? 
Quando foi que me perdi no tempo? 

Seu silêncio são como facas 
Perfurando meu peito. 
Desejo agora ter asas, 
Quem sabe voar, aliviará meu anseio.
Postar um comentário