Mal resolvido

, , No Comments
O motivo de tanta turbulência na minha mente, era a tarde inacabada. 
Ir ao museu, sentar no chão, olhar as pessoas, conversar e te ver triste. 
Chance mal sucedida de te ver sorrir. 
O fato de te ver tão mal, me faz muito mal. O motivo de tanta tristeza era óbvio, mas mesmo assim eu falhei. 
Sem sorrisos, sem abraços apertados, corações usados, um beijo mal colocado. 
Preocupação excessiva, dor de cabeça. Loucura, solidão. Eu já passei por isso e mesmo assim não sei como agir. 
Me sinto de mãos atadas, congeladas. 
Eu tiraria a dor do seu peito com a mão se possível e te daria meus lábios para sorrir. Mas seria em vão. 
Esse é o meu problema. Casos mal resolvidos, casos difíceis de resolver, planos impossíveis. 
Eu tenho a mania de me apaixonar por corações quebrados e tentar arrumá-los. Mas no final quem fica quebrada sou eu mesma, sem ninguém pra me salvar.
Alguém que salvou a todos, menos a si mesma. 
Postar um comentário