Salvar

, , No Comments
Tentei salvar tudo ao meu redor, tentei salvar tudo o que podia. Mas nunca parei e pensei em me salvar. Minha alma estava corrompida, meus sentimentos já não habitavam meu coração. Por falar em coração... Ele já não batia feliz, se é que batia. Após tantas decepções, ele queria estar só.
Se acostumou a ficar só, não queria ninguém que perturbasse sua paz. Na verdade, ele estava tão acomodado e ninguém o tirava de lá, ninguém o arrastava para fora. Eu me sentia inútil, jogada no canto sem saber o que fazer. Conversar, sair com os amigos era ótimo.  Mas nunca passava disso: uma conversa amiga. Ah coração, você desistiu do mundo. Salvou todos, sorriu para muitos e cobriu o espelho onde podia se ver. Agora, perdido, não sabe como anda, como está. Olhe para si mesmo! Largado no limbo da segurança, no conforto, na sua bolha.
Acontece que ninguém o arrasta para fora dali. Ninguém se atreve e talvez você nem mesmo queira.
Onde estão aquelas pessoas que te fazem sentir vontade de voar? De sair correndo na chuva e dançar? Onde estão as pessoas que se importam com os sentimentos? Perdidas por aí, talvez um dia você se esbarre com alguém, querido solitário coração. Sim, solitário e tão sem esperanças. A humanidade e suas tecnologias. O amor esfriou, os sentimentos foram reduzidos a emoticons na internet. Os abraços trocados por sms, os olhares por telefonemas, o eu te amo por <3.
Tempos complicados, insanos e distantes. Tempo frio, onde me sinto perdida. Nem mesmo com sorrisos posso salvar o mundo, quem dera a mim mesma?
Postar um comentário