Mais que um rosto bonito.

, , No Comments
Eu não acreditava no amor de bocas ou de corpos, acreditava no amor de alma.
Não acreditava ou idealizava um ser perfeito, apenas adorava os defeitos.
Nunca liguei para aparência. Por que ser tão superficial? Uso meu all star, com meu jeans surrado e uma camiseta (muitas vezes coisas Geek) e então paro em frente ao espelho e sorrio, essa sou eu. Mas quando me fantasio, de vestidinhos, saltos, maquiagem, eu vejo uma estranho no outro lado do espelho. Não faço o tipo capa de revista, muito menos garota de TV. Prefiro conteúdo a embalagem. Não julgo livros pela capa, porque talvez a capa não te agrade, mas o conteúdo te fascina, te encanta.  Porque espelhos também mentem, eles não mostram como você é por dentro. Pessoas costumam valorizar a droga da aparência e eu te pergunto o que você fará quando a sua beleza acabar? O que fará quando a velhice chegar? A natureza age e um dia, esse reinado regado a hipocrisia chegará ao fim. E eu espero de verdade que você pense bem antes de agir loucamente assim. Valorize seu eu interior, valorize-se um pouco mais, se dê um pouco de crédito. Quem melhor que você mesmo pra se conhecer?

Postar um comentário