Perfume

, , No Comments
Hoje eu pensei em você.
Um rapaz passou por mim no corredor e eu senti o seu perfume. Talvez seja a saudade falando mais alto.
Disse hoje ao meu amigo que estou desmotivada. Sem ânimo. Talvez seja o resfriado, mas o resfriado não duraria somente uma semana? Preciso conhecer novas pessoas, novos ares, novas paixões. Talvez isso me faça bem.
Mas acontece que sinto sua falta. Sinto falta do abraço, do entrelaçar dos dedos, dos lábios se tocando, do seu cheiro. Sinto falta das conversas, das risadas, das trocas de experiências.
Eu já nem sei mais o que falar contigo quando te vejo. Seria estranho te ver e não te abraçar e muito menos te beijar.
Depois que tudo se é conhecido é estranho agir como se não conhecesse.
Ah aquele perfume! Ele me lembrou tantas coisas. Como eu te quero aqui do meu lado. Enrolado no cobertor, assistindo um bom filme de romance, mas na verdade saber que o romance de verdade está aqui conosco.
Mas eu já não sei mais o que é isso e posso até ousar dizer que não te conheço mais...
A pessoa por quem eu me apaixonei, a pessoa pela qual eu ansiava um beijo desapareceu. Sumiu.
Talvez escondido sob uma camada defensiva fria e tensa. Sem apresentar qualquer tipo de sentimento.
Mesmo tantas e tantas vezes eu me revelando, trazendo a tona ou melhor, permitindo sentir algo, foi em vão!
Eu poderia escrever aqui a lista enorme de decepção que anda ''caindo'' sobre a  minha cabeça, mas não. Só há uma, a única na verdade, que me incomoda tanto. Que tira meu sono, que me faz desanimar.
É complicado isso. Eu sempre tive tudo o que queria ao alcance das minhas mãos. E sem ter o 'poder' da situação me sinto totalmente, praticamente inútil, fraca. Realmente é como dizer, é horrível não ter controle da situação.

Postar um comentário