O último adeus.

, , No Comments
Esta é a história de como eu morri. 
(Rose Tyler)

Eu nasci aqui. Cresci aqui. Minha vida era metódica e tediosa. Eu nunca me adaptei a alguma coisa aqui, nunca senti a paixão que senti contigo.
Então um belo dia, naquela loja eu te conheci. segurei tua mão e adentrei num universo mágico. Aprendi tantas e tantas coisas com você, de uma maneira bem diferente por assim dizer.
Fiz escolhas difíceis, como deixar minha mãe e meu melhor amigo. Coloquei a mochila nas costas e entrei naquela cabine telefônica. Melhor escolha que fiz.
Você se lembra de tudo o que vimos? O que enfrentamos, do que fugimos? Odeio admitir, mas você me fez ver como minha vida era horrível. E com certeza te dar a mão foi a melhor escolha.
Você chegou a me perguntar quanto tempo eu ficaria contigo e eu ousei dizer que seria para sempre. Sim, eu queria viajar com você eternamente, mas infelizmente não foi assim.
Estou parada numa praia, acho que é Noruega. Estou pensando no fato de que nunca mais irei te ver. Nunca mais te tocar. Quem vai segurar sua mão? Quem vai te abraçar depois que toda a tormenta acabar? Quem vai me fazer rir? Quem irá me levar para viajar?
Isso não é justo! Eu não consigo conter às lágrimas. Estou conversando com uma projeção sua, nem mesmo é você em carne e osso!
Eu não posso ficar presa nessa mundo paralelo sabendo que nunca mais irei te ver. É torturante! é uma dor horrível aqui no meu peito. Como irei viver novamente aquela vida normal conhecendo tudo o que conheci? É impossível. Talvez você pense: tente seguir sua vida. Não, eu não consigo.
Um dia eu poderei te ver novamente? Eu conseguirei dizer o que não disse por completo. Conseguirei te abraçar e segurar sua mão novamente? Entrar naquela cabine e viajar pelo mundo?
Eu não sei de mais nada. Você se foi. Você me salvou. Cumpriu sua promessa a minha mãe, me trouxe de volta e em segurança, mas com isso me deixou presa neste mundo sem você, sem as viagens, sem a paixão de viver.

* baseado no ep de Doctor Who (2.13 - Doomsday)

Postar um comentário