Sob o céu sem estrelas.

, , No Comments
Laranja, talvez avermelhado. Esta era a cor do céu neste dia estranhamente diferente. Talvez seja a súbita tristeza tão já familiar ou até mesmo a rotina me cansando.
O tom avermelhado me lembra um livro que li um dia sobre um dia totalmente estranho e apocalíptico, talvez tivesse a ver com alguns zumbis ou criaturas da noite. A cor se aprofunda cada vez mais, é algo inquietante mesmo, pelo menos para mim.
As pessoas caminham lá fora, seguem suas vidas, continuam suas rotinas...
E eu aqui. Aqui, sentada no mesmo local, observando a rotina de uma cidade sempre agitada.
carros passam e passam. E nada muda, maldita rotina.
Cansada das mesmas pessoas e mesmos sorrisos vazios.
Cansada desse clima pesado e coração apertado...
Preciso apenas respirar e conhecer novos locais, sair daqui.
Preciso apenas ir embora, esquecer alguns rostos, ou todos eles. Apenas deixar se levar.
Afinal a vida deve seguir.
Postar um comentário