O erro de desistir.

, , No Comments
Thomas Edison tentou duas mil vezes antes de conseguir fazer um filamento de bambu ficar incandescente dentro de um bulbo em semi-vácuo, inventando assim a lâmpada. Quando certa vez lhe disseram que ele havia fracassado duas mil vezes, ele respondeu:
- Eu não falhei todas essas vezes, só descobri duas mil maneiras de não se fazer uma lâmpada!
(A lenda do tesouro perdido)

Dizer que errar é humano, porém persistir no erro é burrice. Eu acredito que isso está certo. Se já erramos uma vez na vida, porque não paramos, pensamos e tentamos criar uma nova maneira de fazer? As vezes nós seres humanos, seres racionais, com 'alma' nos esquecemos que somos maquinas perfeitas e nos permitimos voltar ao primitivismo e agir de maneira tola e insana perante coisas simples da vida.
O que estou tentando dizer é que: permanecer numa area de conforto do erro é mais do que burrice, é algo de extinto primata, antiquado. Quantas coisas novas surgem todo dia e nós não nos deixamos levar porque temos medo do novo? Temos medo de aceitar mudanças? Claro que existem tradições e isso é algo lindo e mágico de cada região, mas não é disso que estou falando, estou falando de, sei lá, correr atrás de quem não te valoriza. Fazer um curso que você não goste pra agradar alguém. Mudar seu jeito de ser e etc e tal. Perder a sua essência, a sua identidade. Isso sim é permanecer, isso sim é conforto...

Postar um comentário