We fall down

, , No Comments
Quantas vezes você olhou pra alguém e imaginou uma vida toda ao lado dela?
Quantas vezes você também olhou para uma pessoa e teve vontade de desaparecer do mundo, e provavelmente ir para o fim do mundo para não encontrá-la novamente?
Bem, dizem que quando se termina um relacionamento é oito ou oitenta: você se torna amigo ou nunca mais quer ver o rosto da pessoa novamente.
Bem, no meu caso? Foi engraçado, complicado, estranho e mais engraçado ainda.
No começo, como toda garota que termina m relacionamento de longa data, eu fiquei triste, chorei. Todo aquele drama. Meses se passaram e eu recebi uma sms. Eu não reconheci o numero e adivinha quem era? Pois é. Bem, tivemos uma breve conversa e a raiva predominou em mim. Outros meses se passaram e então novas sms. Perguntando se eu estava brava. Bem, eu não estava. Eu estava no ápice de uma nova paixão, então como ter tempo para ficar brava? Mostrei as sms a minha irmã. Ela começou a rir eternamente. Me lembrando de como eu tinha medo de mandar sms ou até mesmo correr atrás. Ela, me fez ver que tudo aquilo já havia passado e quem vive de passado são museus.
Comecei a rir freneticamente. Conversei com um amigo meu e ele disse que do jeito que eu estava ''respondendo'' ele logo desistiria. E não é que ele estava certo? O fantasma foi embora.
Semanas atrás, estava eu e minha irmã no terminal e o avistamos de longe. Fui na banquinha de doces comprar algumas balas e ele me avistou. Falei pra minha irmã que ele estava olhando. Ela olhou na hora que ele olhou e acenou. Acenei junto. Ele só fez um sinal de ''oi''. Minha irmã e eu entramos no ônibus e fomos rindo a viagem toda.
E eu finalmente me senti livre. Livre de tudo aquilo que me atormentava. E
finalmente voltei a sorrir com o coração.
Postar um comentário