Dois anos.

, , No Comments
Dois anos eu esperei, pra fazer exatamente o quê?
Bem, o que eu sonhei pra minha vida. Dois anos de expectativas, dúvidas, pesquisas, nervosismo e finalmente meu sonho se tornar real.
E ele se tornou, mas infelizmente acabou rápido demais. Foi algo encantador, mágico, cheio de novas experiencias e belos conhecimentos. Amigos, colegas, amores, paixões, atrações.
Mas também houve a desatenção, o reprovamento, a perda, o dano. A queda.
E cá estou eu, neste poço sem fim. No mais profundo abismo, segurando em meus braços meu sonho desfalecido. Ele talvez nunca volte a viver, nunca mais.
Foi algo que foi tirado de mim de forma grotesca, porém também tenho aprte em culpa.
Mas dizem que a vida segue certo?
Bem, a minha segue lentamente agora. Em um ritmo descompassado e lento. Sem batida. Vazio...
Postar um comentário