Não és mais o mesmo.

, , No Comments

É triste, hoje te vejo,
E não é mais a mesma pessoa.
O passado mudou o presente,
E o futuro se tornou atoa.

Como desejo que tudo fosse mentira.
A verdade em sua vida implica na minha.
E o desejo de voltar no tempo é tão real,
Que choro por não ter dado certo o que passou.

Vejo você, e não é a mesma pessoa.
Os tempos foram difíceis,
Aquele sorriso inocente já se foi.

O olhar continua com o brilho,
Mas nada que seja verdadeiro.
É um brilho, um brilho de desespero.

Eu sempre busco lhe ver,
Para que talvez algum dia isso mude.
E talvez a gente possa ser
Aqueles daquele tempo.

Quando me apaixonei por você,
Eu tive medo que o mesmo não ocorresse
Que fosse assim um sonho permanente.

E foi o que ocorreu,
Você se tornou distante.
Um sonho insistente
E marcante em meu peito.

Postar um comentário