Soneto 47

, , No Comments
Oi gente :3
Eis aqui o meu soneto favorito de Shakespeare. 
A linguagem pode até parecer antiquada, mas é tão perfeito o modo que ele descreve o amor.
Ai ai (suspiros), o grande Shakes era um cara romântico, que lindo. *-*

Soneto 47

Entre minha vista e meu coração estabeleceu-se um acordo,
E agora cada qual faz a outro um favor:
quando meu olho está faminto por um olhar ou meu coração almejando amar com suspiros que ele mesmo abafa, com o retrato de meu amor.


A minha visão entra em festa,
e ao banquete emboçado convida o o coração.
E em seus pensamentos de amor colabora:
Assim, seja por teu retrato ou por teu amor.


Estás, mesmo longe, presente ainda comigo:
Pois não estás mais distante que o alcance dos meus pensamentos.
E estou unindo a eles e eles contigo; ou se eles dormem, teu retrato na minha vista.
Desperta meu coração para a alegria de vista e coração.



Postar um comentário